Quer agradecer ao país que o acolheu alimentando os sem-abrigo

Alex Assali distribui refeições quentes aos sem-abrigos - Facebook
Alex Assali distribui refeições quentes aos sem-abrigo – Facebook

Alex Assali é um refugiado sírio que vive agora na Alemanha. Todos os sábados vai para a estação de comboios de Alexanderplatz, em Berlim, onde distribui gratuitamente refeições quentes aos sem-abrigo que ele próprio confeciona. É a forma que encontrou para agradecer ao país que lhe deu um porto seguro.

Em 2007, Alex fugiu da Síria sem passaporte, sem nada. Teve de deixar a família, em Damasco, porque algumas pessoas desejavam a sua morte por ter criticado o presidente sírio, Bashar al-Assad, num artigo online.

Conseguiu chegar à Europa depois de passar pelo Líbano, Chipre, Egito, Sudão e finalmente pela Líbia. Ficou por lá durante uns anos, local onde começou a ajudar refugiados sírios. Quando chegou ao continente europeu, acabou por assentar na Alemanha, em setembro de 2014.

Na pequena mesa onde tem a comida quente para distribuir, vê-se uma placa onde diz “Give something back to German people” (em português ‘dar algo de volta ao povo alemão’). É esse o lema de Alex.

“Mesmo não tendo muito, vai para a rua distribuir comida aos sem-abrigo”, disse Tabea, uma amiga de Alex. “Ele é uma bênção para muitos outros.”

Tabea, que tirou uma fotografia a Alex e a partilhou nas redes sociais, diz que já receberam mensagens de apoio de pessoas de todo o mundo. “Nunca imaginamos o que este pequeno ‘post’ poderia fazer, mas estamos felizes por trazermos um pouco de luz para o mundo”, contou Tabea.

Fonte: Huffington Post e Daily Mail

Um pensamento em “Quer agradecer ao país que o acolheu alimentando os sem-abrigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.